Sábado, 11 de Julho de 2009

Cidadania


"Se puderes olhar vê, se puderes ver repara", josé saramago, ensaio sobre a cegueira

Quantas vezes olhamos, vemos e não reparamos?

A letra desta música é um retrato constante do quotidiano das pessoas. E, no entanto, pouco nos importa que o "labrego" que amanha a terra passe fome, que o pedreiro que constrói luxuosos condomínios viva numa barraca, que o operário que faz automóveis de luxo ande nos transportes públicos onde só o cheiro do suor incomoda...

Se o status individual correspondesse ao esforço de produção de cada um tenho a certeza que haviamos de ver por aí muitos burros de gravata e a conduzir luxuosoas limousines.

 

Sinto-me:
Música: Cidadão, Zé Ramalho
Publicado por Eira-Velha às 16:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
5 comentários:
De Emanuela a 12 de Julho de 2009 às 22:26
Oi amigo... Então aprendeste mesmo a gostar do "velho"? É um grande artista,né? E a música ficou muito bem colocada neste teu post.Parabéns!
Beijinhos e boa semana
De Eduardo Daniel Cerqueira a 13 de Julho de 2009 às 11:59
Abraço desde Terras de Coura...
De Quico, Ventor e Pilantras a 24 de Julho de 2009 às 07:46
É não é?
O cidadão Zé Ramalho, podia ser mais um amigo do Ventor.
Sabes que eles andaram pela tua Cavenca?! O Zé Ramalho anda por lá todos os dias e o Ventor resolveu descer dos montes até ao rio Minho, quase a par com o rio Mouro. Mas eles entraram em Cavenca e deram a volta ao carro, mesmo frente ao Chafariz, junto da capela.
Devia de haver ali um sinal de proibição de inversão de marcha, mas eles estavam com pressa e tinha de ser, porque, se calhar não havia mais larguinho nenhum!
Um abraço,
De Eira-Velha a 24 de Julho de 2009 às 11:55
Haver há... mas penso que foi mais avisado virar ali, que depois as coisas complicam-se e podem ficar as latas polidas sem querermos. Só espero que não tenha sido dado o tempo por mal empregue e... já agora, uma pergunta: e as fotos?
Um abraço
De Quico, Ventor e Pilantras a 30 de Julho de 2009 às 19:47
Nem fales de fotos!
O Ventor tirou mais de 20 gigas de fotos e mesmo que deite metade fora, imagina o que vamos fazer às outras!
Sei lá! Mas de Cavenca são poucas e todas tiradas de dentro do carro. Imagina a minha Dona a dizer ai ... ai ... nem dá para tirar fotos!
O ventor diz que vai colocar as de cavenca com as da Aveleira num Slideshow, mas ele não tem tempo. Por isso, quer que eu faça também alguma coisa!
Um abraço,

Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Vale do Tua - Uma paisage...

Momentos...

Antes que seja tarde dema...

Cá se vai andando...

Inverno

Fruta da Época

Cidadania

Novas Construções

Fátima - Uma questão de F...

Around the World "Don't W...

Arquivos

Outubro 2011

Julho 2011

Dezembro 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Outubro 2005

Julho 2005

Maio 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

tags

todas as tags

Laços

blogs SAPO

subscrever feeds