Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Chula

A chula é uma dança típica do folclore minhoto, muito popular, que faz mexer até um coxo(a).

Dizem os detratores e invejosos sulistas, elitistas e liberais que o facto de os dançadores elevarem os braços e retorcerem os dedos para produzirem estalidos que é para afiar os cornos... e eu retorno sempre que de facto assim é... os cornos de quem os tem porque no Minho são grandes, retorcidos e bem visíveis, ao contrário de outras regiões em que são tão pequeninos que se tornam invisíveis.

Mas cornos são sempre cornos...

Publicado por Eira-Velha às 10:34
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
6 comentários:
De Emanuela a 20 de Julho de 2007 às 00:42
Olá. Pelo visto voltaste bem animado...Seja bem vindo! Um abraço.
De Ventor a 22 de Julho de 2007 às 14:35
Pois! Sons desses não há por aqui em lado nenhum! Eu ainda sou do tempo que entrava numa tasca da Mouraria, ou outras, só para calar os tasqueiros sulistas e os seus fados. Aquelas maquinetas em que se metia uma simples moeada, com a qual virava tudo de pantanas. Belos tempos aqueles em que uma chula, uma canaverde, um vira, ... eram suficientes para pôr tudo em estado de sítio!
um abraço,
De Eira-Velha a 22 de Julho de 2007 às 15:20
... E aquelas rodas espontâneas da Senhora da Peneda, ou de S. Bento do Cando, com uma concertina no meio e dezenas de pares à volta, envoltos numa nuvem de poeira?
Era lindo, carago!!!
De Any a 22 de Julho de 2007 às 22:42
Olá!!
Muitas vezes aqui no Brasil, fui na casa do Minho ver danças típicas...adorava. Ainda continuam, não só na casa do Minho, como na dos Poveiros e casa Unidos de Portugal. É claro que, com o passar dos anos, com menos Portugueses.
Agora... depois de tantos anos, gostei do "carago"...rsrs
Aqui nunca escutei essa expressão, mas tive uma empregada da Paraíba, que, quando olhava para a montanha em frente à minha casa, dizia..."um dia ainda vou acolá"...termo que em Cavenca usávamos muito. Fazia bem ouvir...
Beijão Mano.
De Adriana a 25 de Julho de 2007 às 03:20
E quando ela dizia que estava enfadada, mãe?
Ai, a senhora ria tanto...
De Anónimo a 20 de Outubro de 2007 às 11:38
Muito interessante esta Xula...
A autênticidade do nosso povo!
Gostei de andar por aqui e li tudo com satisfação...um blog a recomendar.
Abraço

Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Vale do Tua - Uma paisage...

Momentos...

Antes que seja tarde dema...

Cá se vai andando...

Inverno

Fruta da Época

Cidadania

Novas Construções

Fátima - Uma questão de F...

Around the World "Don't W...

Arquivos

Outubro 2011

Julho 2011

Dezembro 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Outubro 2005

Julho 2005

Maio 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

tags

todas as tags

Laços

blogs SAPO

subscrever feeds